Caracterização

Souto da Carpalhosa conta com 30,32 km² de área e 3 863 habitantes (2011). Densidade populacional: 127,4 hab/km².
 
A freguesia confronta a Norte com as freguesias de Monte Redondo e Bajouca, a Leste com a freguesia de Bidoeira de Cima, a Sul com as freguesias de Milagres e Ortigosa, esta última também confrontando a Oeste, assim como a freguesia de Monte Real.
 
Ortigosa  conta com 13,21 km² de área e cerca de 2 mil habitantes.
Ortigosa localiza-se a 14 km do centro da Cidade de Leiria e a 40 km da Figueira da Foz. Com boas acessibilidades (estrada nacional 109, auto-estrada A17 e ainda a linha do Oeste), a passar dentro da freguesia relançam esta para boas condições habitacionais, razoável oferta de trabalho e agradável local de lazer. A freguesia confronta  a norte com a freguesia de Souto da Carpalhosa, a Leste com a freguesia de Milagres, a Sul com Regueira de Pontes e a Oeste com as freguesias de Amor e Monte Real.
 
Lugares pertencentes à União das Freguesias do Souto da Carpalhosa e Ortigosa:
 
Ameixoeira, Arroteia, Assenha, Atalho, Camarneira, Carpalhosa, Casal, Casal Telheiro, Chã da Laranjeira, Conqueiros, Estremadouro, Jã da Rua, Lagoa, Lameira, Marinha, Moita da Roda, Monte Agudo, Ortigosa, Pêga, Penedo, Picoto, Relva, Relvinhas, Riba d’Aves, Ruivaqueira, Sargaçal, São Bento, São Miguel, Souto da Carpalhosa, Vale da Pedra e Várzeas.
 
Toda a área da Freguesia se caracteriza pela fertilidade das áreas de cultivo e pela aptidão para a cultura florestal, materializada na abundância de zonas de pinhal. Esta presença relaciona-se também com a proximidade do mar, um factor relevante, devido à amenidade das temperaturas, ao longo de todo o ano.
Situada na Província Climática Atlântica Média, a Freguesia possui um Verão e um Inverno termicamente equilibrados, debatendo-se apenas com um ou dois meses secos. A água, esse precioso e vital elemento, sempre primou pela abundância, na região de Leiria, surgindo sob a forma de poços, minas, bicas e fontes.  O território da Freguesia, apesar de se inserir numa região de relevo pouco acentuado é caracterizado pela existência de outeiros, montes, colinas e montanhas pouco acentuadas entrecortadas por vales onde situam ribeiros afluentes do Rio Lis. 
Podemos identificar como principais as seguintes ribeiras: a Ribeira da Assenha, que atravessa o lugar do Souto e posteriormente as Várzeas; o Ribeiro da Carpalhosa ao qual se juntam os ribeiros de São Bento e Camarneira e do Vale da Amieira e também a Ribeira de Monte Agudo.
 
Em meados dos anos 80 do século XX, as actividades dos sectores secundário e terciário (indústria, comércio e serviços) começaram a expandir-se, na Freguesia, a um ritmo extraordinário e, presentemente, asseguravam centenas de postos de trabalho. A construção civil, a indústria do plástico, o fabrico de piscinas em fibra de vidro e de fogões de sala, por um lado; e os gabinetes de contabilidade e de projecto de construção civil, agências de seguros, as oficinas automóvel e de serralharia civil, o comércio alimentar e não alimentar, entre muitos outros, são as provas concretas desta actual tendência económica.