Gastronomia

PRATOS TÍPICOS 
Como pratos bem típicos, lembram-se os mais idosos do esparregado (ou migas), feito em panela de ferro, à lareira, com farinha de milho e algumas couves miudinhas, mexendo sempre muito bem para a farinha não encaroçar, era depois servido com peixe frito em azeite e salsa, ou com sardinha assada salgada (ou sarnenta). As couves miudinhas (como as do caldo verde) cozidas com batatas às rodelas, ou com arroz, ou com feijão frade e servidas com bacalhau assado na brasa, ou com morcela de arroz, são, ainda hoje, um prato apetecido por quem gosta dos sabores naturais. O toucinho frito em molho de escabeche, para temperar batatas cozidas com a pele, era um prato típico dos dias de Inverno, assim como as papas de abóbora, ou o feijão frade cozido com cubos de abóbora. Nos casamentos era tradicional servirem-se duas sopas: uma de carne de vaca, com couve e fatias de pão, aromatizada com um raminho de hortelã; outra, uma apetitosa canja de galinha, orgulhosamente engordada para o efeito.
 
DOCES REGIONAIS
Fazem parte da confeitaria da região, Arroz Doce, Broa Doce, Bolinho, Fatias Douradas (passadas por vinho tinto), Bolo de Rodilha (Bolo de Festa) e Arrobe (açúcar louro, pedaços de marmelo, maçã, uvas e nozes, tudo fervido em tacho de barro).